segunda-feira, 14 de março de 2011

Dia da Poesia

E pra celebrar busquei algumas poesias...

Amor em paz

Eu amei
Eu amei, ai de mim, muito mais
Do que devia amar
E chorei
Ao sentir que iria sofrer
E me desesperar

Foi então
Que da minha infinita tristeza
Aconteceu você
Encontrei em você a razão de viver
E de amar em paz
E não sofrer mais
Nunca mais
Porque o amor é a coisa mais triste
Quando se desfaz


~~~~~~~~~**~~~~~~~~~

Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
É um andar solitário entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É um cuidar que se ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade
É servir a quem vence o vencedor,
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade;
Se tão contrário a si é o mesmo amor?




 
~~~~~~~~~**~~~~~~~~~
Canção do dia de sempre

Tão bom viver dia a dia...
A vida assim, jamais cansa...

Viver tão só de momentos
Como estas nuvens no céu...

E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência... esperança...

E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.

Nunca dês um nome a um rio:
Sempre é outro rio a passar.

Nada jamais continua,
Tudo vai recomeçar!

E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas...





6 comentários:

eduardogabriel disse...

isso foii lindoo
eu te amo meu amor
*Encontrei em você a razão de viver

maaaaag disse...

poesias lindas, lindas e lindas, vinicius sempre maravilhoso, adoro essa do camoes, eh um classico...
lindo blog..


www.pinup-pos-moderna.blogspot.com

Renata Reginato disse...

Olá Letícia!
Fiquei muito feliz com a tua participação no sorteio. Vim agradecer e desejar boa sorte.
Bjos

C.Rivieri disse...

ain q lindo..adoro vinicius de morais...

sucesso flor

Simone Oliveira' disse...

Lelê, que blog mais lindo o que vc tem!!! O sorteio será realizado logo logo, viu?? Fica de olhoo!

Bjãoo
Te sigo com muuuuuuito carinhoo!
*-*

Nayara Borato disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara echeguei até vc através do Blog "Entrelnhas". Bom, tantaousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, queeu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreveprecisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seucomentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemosnos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meioliterário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autoresdivulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar épreciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. Sãonarrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram dedentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menosenrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para opensamento, o mais arisco dos animais.



Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seurosto ali.

http://narroterapia.blogspot.com/

segunda-feira, 14 de março de 2011

Dia da Poesia

Postado por Letícia Z. às 10:05
E pra celebrar busquei algumas poesias...

Amor em paz

Eu amei
Eu amei, ai de mim, muito mais
Do que devia amar
E chorei
Ao sentir que iria sofrer
E me desesperar

Foi então
Que da minha infinita tristeza
Aconteceu você
Encontrei em você a razão de viver
E de amar em paz
E não sofrer mais
Nunca mais
Porque o amor é a coisa mais triste
Quando se desfaz


~~~~~~~~~**~~~~~~~~~

Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
É um andar solitário entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É um cuidar que se ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade
É servir a quem vence o vencedor,
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade;
Se tão contrário a si é o mesmo amor?




 
~~~~~~~~~**~~~~~~~~~
Canção do dia de sempre

Tão bom viver dia a dia...
A vida assim, jamais cansa...

Viver tão só de momentos
Como estas nuvens no céu...

E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência... esperança...

E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.

Nunca dês um nome a um rio:
Sempre é outro rio a passar.

Nada jamais continua,
Tudo vai recomeçar!

E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas...





6 Recadinhos on "Dia da Poesia"

eduardogabriel on 14 de março de 2011 16:49 disse...

isso foii lindoo
eu te amo meu amor
*Encontrei em você a razão de viver

maaaaag on 30 de março de 2011 10:42 disse...

poesias lindas, lindas e lindas, vinicius sempre maravilhoso, adoro essa do camoes, eh um classico...
lindo blog..


www.pinup-pos-moderna.blogspot.com

Renata Reginato on 26 de abril de 2011 15:23 disse...

Olá Letícia!
Fiquei muito feliz com a tua participação no sorteio. Vim agradecer e desejar boa sorte.
Bjos

C.Rivieri on 2 de maio de 2011 19:04 disse...

ain q lindo..adoro vinicius de morais...

sucesso flor

Simone Oliveira' on 19 de maio de 2011 03:58 disse...

Lelê, que blog mais lindo o que vc tem!!! O sorteio será realizado logo logo, viu?? Fica de olhoo!

Bjãoo
Te sigo com muuuuuuito carinhoo!
*-*

Nayara Borato on 29 de junho de 2011 15:46 disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara echeguei até vc através do Blog "Entrelnhas". Bom, tantaousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, queeu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreveprecisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seucomentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemosnos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meioliterário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autoresdivulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar épreciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. Sãonarrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram dedentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menosenrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para opensamento, o mais arisco dos animais.



Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seurosto ali.

http://narroterapia.blogspot.com/